Pesquisadores da FASB integram livro eletrônico lançado na Bienal do Livro, em São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O diretor acadêmico da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB), Roberto Marden Lucena, juntamente com o pesquisador educacional, Pedro Bergamo, contribuíram como autores do livro eletrônico “Um Convite à Utopia”, organizado pelo professor Cidoval Morais de Sousa, lançado pela Editora da Universidade Estadual da Paraíba (EDUEPB). Eles são os autores do capítulo “A utopia em questão: desalheamento educacional à objetividade”, desenvolvido em conjunto com o professor da UEPB, Antonio Roberto Faustino da Costa. A obra, lançada na Bienal do Livro de São Paulo, realizada no final de agosto, pode ser acessada por meio do link: http://www.uepb.edu.br/ebooks/

Além do capítulo redigido pelos professores da FASB, o livro eletrônico reúne textos de outros 18 autores que aceitaram o desafio de despertar o leitor do sono profundo em que se encontra o espírito utópico. A coletânea “Um Convite à Utopia” insere-se no contexto das comemorações dos 500 anos do lançamento do livro A Utopia (1516), de Thomas Morus. Trata-se de projeto editorial de natureza pública e coletiva, capitaneado pela EDUEPB, com apoio da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU).

Segundo Marden Lucena, o capítulo “A utopia em questão: desalheamento educacional à objetividade” reflete a coerência teórico-metodológica das categorias que subsidiam as ações pedagógicas desenvolvidas pela FASB há mais de dez anos. Tais ações também se constituíram como objeto de um convênio de cooperação científica com a UEPB que foi assinado esta semana pelo Reitor Rangel Junior e o diretor presidente Tadeu Bergamo (IAESB/FASB), cuja publicação em Diário Oficial do Estado da Paraíba ocorrerá nos próximos dias. “Com olançamento na Bienal do Livro, a publicação ganhou visibilidade e amealhou boas repercussões, a exemplo de constar como parte da bibliografia da recente seleção do Mestrado Profissional em Formação de Professores da própria UEPB, bem como servir de texto-base junto ao Grupo de Pesquisa-Ação ‘Formação de Professores e Práxis Educativo-Coletiva’, este já certificado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq [Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico], tendo a FASB e seus pesquisadores como parceiros”, explica.

Última modificação em Quarta, 23 Novembro 2016 13:01

Entre para postar comentários