FASB debate educação e desenvolvimento regional durante Planejamento Pedagógico

 

 

A Faculdade São Francisco de Barreiras (Fasb) reuniu os professores e coordenadores de curso nesta terça-feira (7) para debater a Educação e o Desenvolvimento Regional durante o Planejamento Pedagógico 2017. No segundo dia do evento, a palestra “A Inserção Social Fasbiana e sua relação com a produção do sentido coletivo”, ministrada pela Prof. MSc Giselda Frank, abordou como a construção da proposta pedagógica da FASB vem contribuindo no desenvolvimento contexto político, social e econômico da região oeste da Bahia.

Durante a palestra, Giselda apontou a Proposta Pedagógica da FASB (PPF) como uma construção coletiva, cuja estrutura os docentes e acadêmicos devem conhecer e lançar mão. “Este conjunto de ideias é estruturada nos pensamentos e ações que resultam no aprendizado eficiente da relação entre cada acadêmico e professor em sala de aula. Da prática educacional à práxis educativo-coletiva, a PPF é elaborada numa perspectiva de todo o coletivo docente da instituição”, destaca.

Há um ano e meio na FASB, a professora Ashajan Sadique, do colegiado de Psicologia, afirma que o planejamento é fundamental ao destacar a importância da didática na sala de aula e aliar a teoria com a prática. “As práticas do dia-a-dia, na sala de aula com a turma são individuais. Cada professor tem uma realidade. Apesar disso, é importante destacar que esses novos alunos que chegam precisam de uma compreensão personalizada”, ressalta.

Com o tema ‘Ousadia e Modéstia em Inovar’, o Planejamento Educacional 2017 prossegue até quinta-feira (9) com o Fórum de Coordenadores e palestras com orientação dos professores Dr. Pedro Bergamo e MSc Giselda Frank para o desenvolvimento e fortalecimento da Proposta Pedagógica da FASB e do planejamento do Trabalho Interdisciplinar Institucional (TII).

Última modificação em Quarta, 08 Fevereiro 2017 13:16

Entre para postar comentários