Acadêmicos da FASB apresentam Trabalhos Interdisciplinares Institucionais (TII)

 

 

 

 

 

 

 

Com a reta final do semestre acadêmico na Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB), os acadêmicos do 3º, 5º e 7º semestres estão apresentando desde o início da última semana os Trabalhos Interdisciplinares Institucionais, mais conhecidos como TII´s. Na última quinta-feira (25), os acadêmicos de Ciências Contábeis e Direito demonstrarem para uma banca de professores os resultados da produção de uma pesquisa única desenvolvida com os conteúdos das disciplinas cursadas durante o semestre. Os cursos de Enfermagem e Psicologia também já fizeram as suas apresentações.

“A realização deste trabalho evidencia o protagonismo acadêmico em cada um dos cursos. Com o TII, temos a oportunidade de aplicar o que vemos em sala de aula ligando a teoria com a prática”, explica o acadêmico do 5º semestre de Direito, Deyvisson Câmara, que apresentou o trabalho juntamente com as turmas do 3º e 7º do curso na última quinta-feira (25).  Como parte final dos trabalhos que encerram o primeiro semestre acadêmico da Fasb, esta avaliação integra a Proposta Pedagógica Fasbiana, que versa sobre o conceito da Sustentabilidade Coletiva.

A acadêmica de Direito, adriana Santana, também apresentou seu trabalho na ultima semana. “Nesse semestre o TII inovou. Tivemos que nos basear nas respostas de trabalhos de conclusões de cursos dos semestres anteriores. Para tal, tivemos três meses para desenvolver o trabalho”, explica.  A importância do TII foi destacado também por Nivenir Câmara, do 7º semestre de Direito. “O trabalho interdisciplinar envolveu toda a turma. Este trabalho tem uma grande relevância para a nossa formação acadêmica e com a nova metodologia vai ajudar a avaliar as futuras turmas”, destaca.

Durante a execução do projeto, os estudantes se deparam com situações vivenciadas na rotina do mercado de trabalho, a exemplo de cumprimento de prazos rígidos, gestão de equipe, relacionamento inter-pessoal e tomada de decisões gerenciais e operacionais. Para o coordenador do Programa de Assessoria ao Docente (PAD), Vandré Vilela, é uma experiência marcante para os acadêmicos que se aprofundam no saber teórico e na realidade para a execução de um projeto com base científica consolidando o conhecimento adquirido. “Além de impactar diretamente os estudantes, o resultado do trabalho podem vir a trazer informações sobre a realidade local estudada e provocar a reflexão para trazer uma mudança social”, explica.

 

Última modificação em Segunda, 29 Maio 2017 17:12

Entre para postar comentários