Medicina
  •     O Curso de Medicina da FASB foi implantado com grande sucesso em Fevereiro de 2017. Une características importantes que o credenciam a assumir lugar de destaque no cenário educacional brasileiro. Com um Projeto Pedagógico atualizado, atende as necessidades das mais recentes Diretrizes Curriculares para os Cursos de Medicina da Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação fundamentando-se em uma Matriz Curricular flexível baseada em um cerne nuclear, permitindo entretanto, uma ampliação do aprendizado pretendido pelo aluno, por um conteúdo complementar acessível.

        Busca a integração de saberes de forma prática e exequível, e isso se manifesta por uma fluxograma constituído por Módulos que se tornam conceitualmente, a união de conteúdos relacionados e que disponibilizados de forma conjunta, facilitará o aprendizado, o entendimento e o acesso à informação, pelo aluno.    

     

    DIFERENCIAL FASB

        O Curso toma para si a condição de modernidade na busca de uma formação tecnificada por excelência, mas sem perder o vínculo com a essência humanista e social, termos vinculados a profissão e ao ato de ser médico.

        Possui uma estrutura física que impressiona àqueles que a conhecem e que se plenifica desde a sala de aula confortável e equipada com modernos recursos audiovisuais com ferramentas como data-show interativo e lousas digitais a laboratórios modernos voltados a formação adequada do aluno de medicina, possibilitando o seu treinamento em habilidades específicas.

        O Curso de medicina da FASB apresenta um corpo docente qualificado e reconhecido pela sua dedicação a formação técnica e humanizada do futuro medico, formado por profissionais que além de titulados, representam essencialmente, nos seus dias, o modelo de ações que se busca implementar em sua formação, unindo o teórico a ação pratica necessária.

  •     A medicina trabalha com a prevenção e cura das doenças humanas, investigando sua natureza e suas causas.

        São inúmeras as áreas de atuação que poderá desenvolver. Para tanto, o médico formado deverá realizar uma residência médica ou especialização reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina, com duração mínima de dois anos.

    Segue algumas das principais áreas de atuação:

        Alergia e imunologia, Anestesiologia, Angiologia, Cardiologia, Cirurgia, Oncologia, Dermatologia, Geriatria, Ginecologia e Obstetrícia, Gastroenterologia, Genética Médica, Medicina Intensiva, Otorrinolaringologia, Urologia, Pediatria, Psiquiatria, entre outras.

        Segundo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Medicina é a carreira que remunera melhor e a que apresenta a maior taxa de ocupação, com quase todos os seus profissionais empregados. Mas é necessário pensar nas diferenças regionais desse mercado.

        Concursos públicos para médicos em de postos de saúde de cidades do interior podem oferecer salários de cerca de 20 mil reais. No âmbito de um consultório privado ou hospital, a remuneração pode sofrer variações dependendo de quanto o médico cobra por consultas e procedimentos. O profissional precisa de registro no Conselho Regional de Medicina para atuar.

  • Coordenador Geral: Dr. Evandro Guimarães de Souza   

    Coordenador de Ensino: Dr. Nailton Jatobá Tenório 

    Coordenadora Administrativa: Marli de Souza de Abreu