1.    APRESENTAÇÃO

 

    O Programa de Assessoria ao Docente (PAD) tem como objetivo mediar a realização do Planejamento Educacional e das demais reuniões pedagógicas com os colegiados dos cursos de graduação oferecidos pela FASB, no sentido de promover estudos e discussões constantes acerca da promoção da busca de verdadeira qualidade da educação Universitária.  

    Conta com a atuação de uma pedagoga, com mestrado em educação, que tem uma carga horária de trabalho de 40 horas semanais dedicadas ao Programa.

 

2.     JUSTIFICATIVA

 

    A Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB), por meio da organização do seu trabalho pedagógico assume uma Proposta Pedagógica inovadora. Esta, em termos teóricos, baseia-se no Paradigma da Sustentabilidade Também Coletiva, e tem sido constituída numa dinâmica que propicia o discernimento entre apropriar e produzir.

    A partir deste embasamento, a práxis pedagógica tem sido conduzida com base na meta de Avaliar também por Produção, por meio da qual defendemos um processo de avaliação da aprendizagem que seja formativo e não somente somativo e que priorize a produção do aluno ao longo de todo o curso. 

    A Proposta de Educação Fasbiana (PPF) vislumbra o horizonte da práxis educativa como sendo a produção inequívoca e opcionalmente empreendida. Para tanto, compete ao PAD orientar ao docente quanto à necessidade de gerar as condições para a produção do aluno.

    Para nós fasbianos a construção de um trabalho coletivo é de fundamental importância, cumprindo-nos alertar a efetivação deste trabalho não pode se dar no espontaneísmo pedagógico, pois se trata de processo que precisa ser conduzido de modo planejado e sistemático. Tal afirmativa justifica a atuação do Programa de Assessoria ao Docente, ao qual compete a condução deste processo de planejamento e reflexão constante acerca da práxis pedagógica.

 

3.    OBJETIVOS:

 

a)    Participar dos processos seletivos para docentes da IES;

b)    Participar quinzenalmente das reuniões do Fórum permanente de debates de coordenadores de cursos e setores;

c)    Coordenar a realização do Planejamento Educacional envolvendo todos os professores, em Janeiro, Julho e em outros momentos alternados no decorrer dos semestres letivos;

d)    Participar dos encontros mensais do grupo de pesquisa CONSER, composto por professores da instituição em processo de formação continuada.

e)    Coordenar a pesquisa de Auto-aplicação da Proposta Pedagógica Fasbiana com os acadêmicos ingressantes.

f)     Coordenar o Trabalho Interdisciplinar Institucional, realizado no segundo semestre letivo.

 

4.    METODOLOGIA E AÇÕES PREVISTAS PELO PROGRAMA

 

    O Programa de Assessoria ao Docente tem trabalhado na perspectiva de auxiliar o professor no processo de ensino, de modo que o educando seja levado a assumir uma conduta comprometida com a construção do sentido do coletivo educacional, uma conduta cooperativa em prol do desenvolvimento da turma e do curso. Desta forma, o docente é orientado a elaborar o substrato-chave da sua disciplina, para posterior discussão com os alunos, de modo a explicitar: a concepção da disciplina; a fundamentação/argumentação da razão de ser da disciplina no Curso; a intencionalidade educativa, o significado educacional; os princípios norteadores de uma educação pautada na sustentabilidade coletiva; os critérios para que os acadêmicos possam discernir a fundamentalidade dos conteúdos trabalhados, na perspectiva de inserção no mundo do trabalho.

    Em se tratando do planejamento e da metodologia de ensino, o professor é orientado a fazer uma abordagem dos conteúdos, de modo a convertê-los em temas significativos, buscados na prática social do aluno. A proposta é que os conteúdos sejam tratados em sua totalidade e não de forma compartimentada, para que possa favorecer a construção de conceitos e significados do aluno.

    Deste modo, o PAD orienta e acompanha a construção do Trabalho Interdisciplinar de cada curso, fortalecendo o conjunto das disciplinas numa perspectiva de totalidade. A Interdisciplinaridade é aqui entendida como a busca  da pesquisa conjunta, compartilhada de uma problemática da realidade  concreta da comunidade e da procura de possíveis respostas sistematizadas para essa indagação.

    Outra abordagem do Programa são as Atividades Complementares para Ingressantes.Na ocasião,os acadêmicos são orientados para melhor se inserirem na dinâmica das aulas, assumindo a co-responsabilidade pelo seu processo de formação e para criarem o hábito de registrar o que lhes seja mais fundamental em sua aprendizagem.

           O professor é orientado a criar um ambiente interativo e dialógico.

           Nas discussões em colegiado, o PAD tem trabalhado no incentivo à produção. Para tanto, tem orientado os professores para:

- Incentivar o aluno à participação, ao debate, no sentido de elaborar seus próprios conceitos, estabelecendo a relação dos conceitos espontâneos e os conceitos científicos, de modo a elaborar seus próprios conceitos e significados.

- Se colocar como mediador no processo de ensino e aprendizagem, incentivando o questionamento, a dúvida, de modo a instigar o aluno a formular novos questionamentos.

- Estabelecer a relação dialética entre teoria e  prática, com vistas à resolução de situações-problema.

- Possibilitar ao aluno reflexões constantes sobre seu objetivo de estar no curso e sobre o conhecimento desenvolvido e sua aplicabilidade prática.

- Estabelecer uma relação de reciprocidade com os aluno, enquanto possibilidade de resgate de alunos distanciados.

 

Outras ações do Programa são:

•         Auxílio na construção/atualização do Projeto Político Pedagógico de cada curso e do Projeto Pedagógico Institucional (PPI);

•         Apoio didático-pedagógico permanente aos professores;

•         Promoção de formação continuada em serviço:

- Acolhimento dos professores novos;

- Reuniões de colegiado;

- Realização de grupos de estudo.

•         Participação nas atividades complementares para Ingressantes;

•         Coordenação da autoaplicação da Proposta Pedagógica Fasbiana;

•         Coordenação geral do Trabalho Interdisciplinar Institucional;

•         Participação e assessoria ao CONSER (grupo de estudos institucional).

 

CONTATO

Para comunicação utilize o seguinte contato: Vandré Almeida de Carvalho Vilela