Uma parceria entre a Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB) e o Conselho Regional de Educação Física da 13ª Região (CREF13) possibilitou a realização, em Barreiras, durante a sexta-feira (24) e o sábado (25), do curso de qualificação “Biomecânica aplicada à análise do exercício”, direcionado a profissionais da área, acadêmicos e egressos da instituição. No curso, já realizado em outras regiões da Bahia, o professor Cristiano Pinho aborda os movimentos praticados no dia a dia, no trabalho, dentro do contexto escolar e no âmbito da reabilitação física.

“É essencial que o profissional tenha contato, debata com mais profundidade a biomecânica e como aplicá-la. Esse é um tema de aprendizado mais difícil durante os cursos, então a gente tenta levar para a prática. A possibilidade de uso da biomecânica é extensa. Podemos usá-la para a prevenção de lesões, reabilitação de pessoas lesionadas. O conhecimento da biomecânica também é utilizado para conceber móveis e analisar movimentos com o intuito de aperfeiçoar, seja para o foco na saúde ou no desempenho esportivo”, explicou o palestrante, que é graduado pela Universidade Católica de Salvador (UCSAL) e doutorando em Saúde Pública pela Universidade federal da Bahia (UFBA).

O coordenador do Curso de Educação Física da FASB, Milton César, descreveu a realização do curso como ‘uma grande oportunidade para atualizar e aprofundar o conhecimento no tema proposto’. “A Biomecânica é uma ciência base da Educação Física, que vai desde o planejamento de treinamento até a prevenção de lesões. Mesmo durante a graduação tendo a disciplina Biomecânica, esse curso é mais aprofundado. Um curso como esse é importante também porque traz o olhar de outros profissionais, e isso contribui muito para o conhecimento de cada um”, salientou.

A estudante Ronielma Machado, de Educação Física, avaliou o conteúdo ministrado no curso. “Na graduação a gente tem a disciplina Biomecânica, mas não há tempo suficiente para nos aprofundarmos tanto em certos temas. Esse curso nos deu uma visão mais ampla sobre a aplicação da Biomecânica no exercício com o intuito de prevenir lesões. Abriu nossos horizontes em relação à aplicação do exercício de acordo com a característica de cada pessoa”, explicou. Os participantes doaram um quilo de alimento não perecível, como contribuição para os programas sociais da FASB, que desta vez contemplará o Lar dos Idosos.