Em clima de ansiedade e otimismo, vestibulandos de várias regiões da Bahia e de outros estados participaram na tarde deste domingo (21) do terceiro Vestibular de Medicina da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB). Os inscritos no processo seletivo responderam 70 questões de múltipla escolha e foram testados no domínio da Língua Portuguesa, Língua Estrangeira (Inglês/Espanhol), Matemática e Redação, Biologia, Física, Química, História e Geografia.

 Confiante na aprovação para uma das 80 vagas oferecidas, Clarrisa Souza, veio de Santa Maria da Vitoria (BA), para prestar o vestibular. “Estou bastante confiante. Sempre sonhei em cursar Medicina, em poder ajudar o próximo e cuidar de vidas¨. Já o jovem Diego Heman, apesar de reclamar do grau de dificuldade da prova, disse que a estrutura da faculdade foi um ponto alto na escolha. “Achei a prova difícil, mas tenho convicção que vou conseguir passar. O incentivo dos meus pais e a estrutura oferecida pela faculdade, me fizeram vir prestar o vestibular na FASB¨.

Tão entusiasmados quanto os estudantes estavam os pais que esperavam os filhos até o término das provas. Para ajudar o tempo passar mais rápido, este ano a FASB preparou um acolhimento especial, durante o horário do vestibular. Uma visita guiada pelas instalações da faculdade, acompanhada de bate papo com os professores do curso de Medicina fez parte da proposta. Durante todo o período em que os filhos estavam realizam a prova, os pais puderam conhecer as instalações, laboratórios e entender a função de cada um deles.

Silvio Bittencourt veio da cidade de Santos Antônio de Jesus (BA), para trazer a filha para o vestibular. ¨Tive a oportunidade de conhecer os laboratórios da faculdade, a estrutura em geral e, fiquei muito feliz com o que vi. A forma com que a faculdade cuida dos alunos e dos pais, também me surpreendeu, a faculdade prega uma valorização humana muito forte, isso é muito importante nos dias de hoje ¨.

Antônio Cruz, veio da cidade de Cariri (CE) e comentou a decisão de trazer sua filha para o vestibular da FASB. ¨Já tenho um sobrinho que estuda aqui na FASB, então, isso foi decisivo para mim ao trazer minha filha. Conheci a estrutura do curso, os laboratórios e me deu vontade também de cursar Medicina, algo fascinante¨.

Da região sudeste do Brasil, Josiane Forlan, veio com esposo, Eleandro Forlan, de São Paulo (SP) para acompanhar a filha no vestibular. ¨ Vimos de tão longe para garantir a nossa filha um ensino diferente, com novos métodos e em uma estrutura muito boa, mas, a metodologia de ensino da FASB, foi ponto decisivo para virmos a Barreiras¨, disse a mãe.