Nesta quinta-feira (20) os estudantes de Direito do Centro Universitário São Francisco de Barreiras (UNIFASB), vencedores da I Competição de Arbitragem no Agronegócio receberam a premiação, entregue pela coordenação do curso. Em 2019 acadêmicos de Direito de faculdades de Barreiras participaram da disputa, lançada pela Câmara de Arbitragem e Mediação do Agronegócio (Camagro) com a proposta de simular um tribunal arbitral em que o foco foram questões relacionadas ao agro. A ideia foi fazer com que os acadêmicos se familiarizem com os temas para, futuramente, atuarem nesta área.

A coordenadora Cristiane Pacheco, destacou a importância do evento no desenvolvimento do potencial dos alunos. “O grupo estudou muito o caso sugerido na competição e este tipo de dinâmica na área jurídica é uma tendência no estudo do Direito”. Ela ainda destacou que a competição abriu portas para os acadêmicos que, após participarem do evento, foram convidados para estagiar na área jurídica do Sindicato Rural da cidade. “Isso é um estímulo para os acadêmicos ingressarem no mercado de trabalho local”, completou.

Rosa Lícia, acadêmica do último ano do curso, destaca que competições como esta criam expectativas de crescimento profissional e já releva planos para novas disputas. “ O clima é bem realista e simula casos reais e o resultado foi tão positivo que iremos participar de uma competição semelhante, porém agora a nível nacional, com premiação de R$8 mil, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul”, diz a acadêmica exaltando o esforço do grupo. A equipe já fez a inscrição e está organizando ações para levantar recursos para o custeio da viagem.

A premiação entregue foi um “vade mecum”, um livro de trabalho que integra as principais leis brasileiras, inclusive, atualizado com a lei anticorrupção. O prêmio é resultado de uma parceria sem fins lucrativos entre o UNIFASB e a Revista dos Tribunais (RT) que garante aos acadêmicos o acesso a um material de qualidade a um menor custo baixo.