O Centro Universitário São Francisco de Barreiras (UNIFASB) iniciou na terça-feira (27) o 18º Congresso de Iniciação Científica (CIC), o maior evento do gênero do Oeste da Bahia. Este ano com uma programação totalmente online e gratuita uma inovação, adequada a atual situação. A edição 2020 registrou um recorde no número de trabalhos inscritos e de participação. Foram 314 trabalhos enviados e submetidos a análise e mais de 700 participantes inscritos no evento. A procura foi tão grande que o encerramento precisou ser prorrogado do dia 31 de outubro para 02 de novembro.

De acordo com a pró-reitora de Pesquisa, Extensão e pós-graduação, Luciane Cristina Jóia, responsável pelo CIC, o elevado número de trabalhos submetidos e o grande número de pessoas inscritas é fruto de quase 20 anos de experiência em pesquisa na região. “É um Congresso único, o formato virtual facilita a participação. Porém o grau de exigência em relação às normas da Pesquisa Científica seguem os mesmos critérios. Por isso é feita uma triagem criteriosa das apresentações”, pontua.

Para o jornalista, Joaney Tancredo, congressista que aborda a Comunicação e o Combate à Fake News, o momento é ideal para se trabalhar a pesquisa. “Quero mostrar como é delicada a linha entre a informação e o perigo. Precisamos estudar esse mecanismo e compreender a informação. Estamos vulneráveis ao erro a todo momento. Debato a criação e compartilhamento de notícias”, analisa. Joaney  ainda pontua seu sentimento positivo em debater um tema tão relevante para sociedade, ao se apresentar para um público diverso e heterogêneo.

Todas as informações sobre o CIC podem ser encontradas no site cic.fasb.edu.br, assim como as propostas em ciência e desenvolvimento humano em meio ao cenário de pandemia. Para ter acesso a programação é necessário realizar inscrição. As palestras estão sendo gravadas e podem ser conferidas no ambiente virtual do Unifasb: avef.fasb.edu.br .