SUICÍDIO E RISCO: ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO EM UM AMBULATÓRIO DE SAÚDE MENTAL.

Cristian Rodrigo Da Silveira Morales, Rafaela dos Santos Souza

Resumo


Objetivo: Este artigo apresenta um perfil dos pacientes atendidos no setor de psicologia do Centro Integrado de Saúde e Bem-Estar Social – C.I.S.B.E.S. vinculado à Secretaria Municipal de Saúde da cidade de Santa Maria-RS. Método: a pesquisa foi feita com pacientes que apresentavam risco ou tentativas suicidas, através de levantamento quantitativo de dados dos prontuários de encaminhamentos para atendimento psicológico. O estudo misto envolve a coleta de dados e a análise dos resultados referente a situação de risco (ideação e tentativas de suicídio), sendo, da amostra 72% eram do sexo feminino, ainda, 54% delas casadas e 28% solteiras. O sexo masculino, que totaliza 28% da pesquisa, 52% são solteiros 26% são separados e 22% casados. Resultados: a pesquisa apontou um índice de 40% de pacientes com ideação suicida por ocasião do atendimento no serviço de psicologia. Nesse percentual constam pacientes do sexo feminino com predominância representando 70% dos casos, sendo 61% com idade entre 21 e 40 anos. Conclusão: pesquisas estatísticas e estudos sobre suicídio e tentativas suicidas, não apontam causas, mas, nos permitem formular hipóteses, mesmo que de certeza variada.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.