A IMPORTÂNCIA DA PSICOEDUCAÇÃO NA TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA.

Carlos André Nogueira, Kelly Nunes Crisostomo, Rafaela dos Santos Souza, Jessica de Machado do Prado

Resumo


Introdução: A psicoeducação como uma das técnicas da Terapia Cognitivo-Comportamental tem uma importante função na orientação de diversos aspectos, seja a respeito das consequências de um comportamento, na construção de crenças, valores, sentimentos e na repercussão destes na vida dos/as pacientes. Objetivo: analisar os estudos que abordam a importância da Psicoeducação na Terapia Cognitivo-Comportamental no Brasil nos últimos dez anos (01/2006 a 12/2016). Método: trata-se de uma revisão sistemática realizada a partir da análise de 15 artigos científicos selecionados dentre 52 trabalhos encontrados por mecanismos de buscas nas bases de dados: Lilacs, Medline e Index. Para tanto, foram realizadas três buscas nas bases de dados, utilizando primeiramente as seguintes palavras-chave: “Psicoeducação” combinada com “terapia”, em seguida as palavras-chave: “Psicoeducação” e “psicologia”, posteriormente, utilizou-se as palavras-chave: “Psicoeducação” e “transtornos”. Resultados: comprovou-se que no intervalo de 2006 até 2009, houve uma quantidade pequena de publicações (cinco artigos), com a proporção de 33,30% da produção. Já de 2010 à 2016 ocorreu um avanço na produção de artigos, o qual foi responsável por dez artigos, totalizando 66,70% da amostra. Os principais temas de pesquisa abordados neste artigo foram selecionados por categorias e os de maior representatividade foram: a psicoeducação sobre os transtornos, com oito artigos (55%), e a Psicoeducao em grupos, aparecendo com sete artigos (45%). Conclusão: a literatura revelou a importância da psicoeducação para Terapia Cognitivo-Comportamental tanto individual, trabalhando com os variados transtornos psicológicos, como intervenções em grupo, compartilhando experiências, diminuindo as crenças disfuncionais e consequentemente melhorando a funcionalidade psicossocial nos domínios da autonomia, lazer e relacionamentos interpessoais.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.